Professora de Português


Professora de Português

(Anonimato)

Professora há 35 anos, com um caminho muito ligado ao que significa realmente ensinar. Esta partilha a sua visão de como a pandemia a afetou e mudou inevitavelmente a sua forma de trabalho.

Tema abordado:

- A Pandemia Covid-19.



1.Conte-me um pouco sobre si. Qual é a sua profissão, o seu percurso?

Sou professora há trinta e cinco anos. Parece muito tempo, mas continuo a sentir-me muito bem com os meus alunos. Os primeiros anos da carreira foram uma procura de caminhos para iniciar o meu percurso. Terminada a licenciatura, exigia-se uma experiência para enfrentar alunos em sala de aula, que o tempo na profissão ainda não permitia. Esta fase da descoberta empírica ia, aos poucos, trilhando um rumo. Seguiu-se o estágio profissional, mas o grande ensinamento vem da sala de aula e da heterogeneidade dos alunos. Os princípios teóricos da profissão não ensinam a dar e a receber de cada um, com respeito mútuo e afetividade.


2.O que se alterou na sua vida com a pandemia do covid-19?

A pandemia alterou rotinas, confinou-nos, afastou-nos... 2020 mostrou, também, que há outras formas de viver para além das nossas rotinas. Continuamos a descobrir no dia a dia que somos capazes de superar e inovar.


3.Que efeitos tem tido esta pandemia, na sua vida, em termos laborais?

Esta pandemia permitiu-nos descobrir alternativas à sala de aula, mas não tão eficazes. Reafirmou, também, que o sucesso do processo ensino e aprendizagem está na dinâmica da interação presencial. Esta profissão que implica pessoas a dar e a receber não se aguenta muito tempo na realidade artificial do ZOOM, pois só se concretiza, plenamente, no olhar de cada um. No entanto, conseguimos concretizar os objetivos que passam pelo sucesso de cada aluno, pelo esforço e persistência de todos (professores, alunos e Encarregados de Educação).


4.Na sua ótica, quais têm sido os efeitos desta pandemia na economia do nosso país?

O impacto negativo da pandemia na economia do país é bem visível nos números dos desempregados e aumento das respostas de natureza social. Estas iniciativas, de alguma forma, conseguiram suprir necessidades imediatas, fora do âmbito do estado social e tornaram-se um apoio imprescindível para muitas famílias. Por outro lado, desencadeou, em simultâneo, a capacidade de empresas e pessoas se reinventarem e criarem alternativas viáveis no contexto.


5.Que lições podemos retirar de todo o percurso desta pandemia?

O percurso da pandemia espelhou a postura de uma comunidade que oscila entre o cumprimento e o incumprimento de regras, o grau de egoísmo ou altruísmo. Evidencia, ainda, as consequências da dependência de comportamentos alheios, que se movem por interesses imediatos e que não se elevam em prol do outro.



Entrevista realizada por Ana Matilde Reis

Coordenação/Tutoria: Professora Ana Sofia Pinto